Ideias práticas apresentadas na Conferência Sedex 2017

A Conferência Sedex 2017 decorreu, nos dias 5 e 6 de abril, no Centro de Conferências QEII (no centro de Westminster, em Londres). O prestigiado centro de conferências acolheu centenas de líderes em fornecimento responsável para dois dias de partilha de ideias, interatividade, networking e aconselhamento prático.

 

Jonathan Ivelaw-Chapman, CEO da Sedex, mencionou no seu resumo do evento que «o desafio e a crescente urgência em torno da melhoria contínua é uma constante. Contudo, parece que estamos a ganhar ritmo e impulso, e para que a mudança ocorra, é necessário reconhecer que agora existem ferramentas e várias iniciativas para apoiar essa mudança, em especial, a tecnologia.»

O evento contou com a participação (presencial e online) de participantes de mais de 43 países, que assistiram às intervenções dos especialistas sobre uma série de tópicos-chave em torno do tema “A melhoria contínua na prática”.

O programa da conferência abrangeu os tópicos mais relevantes para o fornecimento responsável e para a sustentabilidade da cadeia de fornecimento – desde o trabalho forçado, as diretrizes ou a legislação, à sustentabilidade de vendas na agenda de reuniões, remediação conjunta, e práticas em matéria de aquisição. Os participantes ouviram vários membros do painel de empresas, que incluem a BBC Worldwide, Finnair, HSBC, Mars, S&P Dow Jones Indices, The Body Shop, Verisk Maplecroft, e de organizações como a Bluenumber Foundation, Business in the Community, ETI, Forum for the Future, Institute for Human Rights and Business, entre outras.

Durante a Conferência Sedex 2017, houve vários destaques importantes para os delegados, que incluíram:

 

  • O discurso do defensor, escritor e assessor de sustentabilidade, Tony Juniper, destacou a rápida mudança que está a ocorrer a nível mundial, com a explosão demográfica e o aumento da procura de recursos, o que coloca pressão sobre as cadeias de fornecimento.
  • «É necessário concentrar-se nas nos elementos-chave que vão fazer a verdadeira diferença… será educação, será tecnologia? Se os riscos têm de ser minimizados e os benefícios aproveitados, então é, atualmente, necessária a liderança das marcas.»
  • Durante a sua palestra, Ed Gillespie, co-fundador da Futerra, deixou a audiência pensativa após ter desafiado marcas, fornecedores e organizações a aplicarem práticas reais para alcançar a melhoria contínua.
  • «A complexidade das nossas cadeias de fornecimento cria problemas. Independentemente do sistema que utilizar para a gerir, continuará a ser afetada. Não se trata de fazer as mesmas coisas de forma melhor, trata-se de fazer coisas melhores», afirma.
  • Jessi Baker, Fundadora da Provenance, entusiasmou a audiência com o seu debate em torno da cadeia de bloqueio envolvente e «o futuro da transparência de confiança nas cadeias de fornecimento». Jessi mencionou que «estamos a caminhar rumo a um novo futuro quanto à confiança. É aqui que a tecnologia pode ser, em si mesma, o agente para a confiança».
  • Os especialistas do painel dos fornecedores de tecnologia de destaque debateram as vantagens de «libertar a voz dos trabalhadores através da tecnologia». O debate concluiu que «é necessário afastarmo-nos dos pilotos de voz para os trabalhadores e integrar resultados nos sistemas de gestão».
  • “Trabalhadores chineses: dos dados à história”, apresentado por Dee Lee, Fundador da Inno, quer que as empresas vejam para além dos números. Os trabalhadores na China são seres humanos e são mais inteligentes do que se possa pensar. Desejam as mesmas coisas que todos os outros trabalhadores desejam, como passar tempo com a família e com os amigos, além de coisas básicas, como o pagamento de horas extraordinárias e o direito a licença remunerada/férias pagas.

 

O painel “Recrutamento responsável” debateu a legislação contra a escravatura moderna e apresentou exemplos e conselhos de especialistas sobre como garantir que as empresas vão para além da conformidade. Henriette McCool partilhou o exemplo do Qatar, com inúmeros trabalhadores migrantes que são obrigados a pagar taxas de recrutamento, mas a QVDC mostrou que é possível resolver o problema com muito trabalho exaustivo e minucioso. O painel concordou que são necessárias abordagens diferentes em áreas diferentes e que as empresas têm de prestar atenção ao que acontece nos seus próprios locais de trabalho.

 

«Os governos de todo o mundo precisam de ajuda para criar instituições sólidas que protegem os direitos dos trabalhadores, o que lhes permite trabalhar em ambientes seguros. Tem de haver um esforço de várias partes interessadas, o que significa juntar ao nível local sindicatos, empresas privadas e o governo», afirma Olivia Elliot, Gerente de Perspetivas (Industry Insight Manager) da Indústria da Unidade de Desenvolvimento Têxtil, Ministério da Indústria, Comércio e Investimento da Tanzânia, no seu discurso sobre «Reforçar os padrões e práticas laborais no sector do fabrico em África: lições da Ásia».

Pela primeira vez, foi apresentada uma sondagem ao vivo através da aplicação do evento da conferência, que também permitiu aos delegados personalizarem a sua agenda, estabelecer contactos através da tecnologia e responder a questões interativas durante as sessões.

Foi com entusiasmo e honra que acolhemos, pela primeira vez, os Prémios Sedex, celebrando o trabalho incrível realizado pelos membros da Sedex em todo o mundo. Os Prémios foram concebidos para dar aos membros uma oportunidade de destacar a sua empresa e apresentar os esforços de melhoria contínua que tiveram um impacto positivo na cadeia de fornecimento, nas pessoas ou no meio ambiente.

 

Os vencedores de cada categoria foram:

  • O melhor exemplo de melhoria contínua – M&S (Reino Unido): Quadro de sustentabilidade M&S Food How We Do Business (HWDB).
  • Melhor esforço colaborativo – AMC Group (Espanha): Juice CSR Platform.
  • Novo programa mais inovador – ELEVATE (Reino Unido) em colaboração com a EICC: Programa Workplace of Choice.

 

Uma vez mais, o público online teve a oportunidade de assistir a entrevistas em tempo real com uma seleção de oradores. A lista completa das sessões e das entrevistas em tempo real encontra-se disponível no canal YouTube da Sedex. Obrigado a todos os fantásticos oradores, patrocinadores e, acima de tudo, aos nossos participantes por uma inesquecível conferência de dois dias.

 

Estamos ansiosos por voltar a vê-los no próximo ano. Envie um e-mail para communications@sedexglobal.com se quiser ser um dos oradores na edição de 2018.

Veja destaques aqui